Bandeira do Oceano: Usar a moda para mudar

COI-UNESCO

Bandeira do Oceano: Usar a moda para mudar

Bandeira do Oceano: Usar a moda para mudar 375 204 Década do Oceano

A three trillion dollar industry, fashion is responsible for 20% of the global wastewater generated through pesticides for land cultivation, dyes and textiles – which often flows back into the ocean. The Ocean Decade endorsed Activity “Ocean Flag”, showcased during the 2022 UN Ocean Conference in Lisbon, Portugal, aims to bridge the gap between fashion’s environmental pollution and educating the public on the detriments of climate change on the ocean through the lens of fashion.

Com base em programas educacionais e de formação para encorajar a participação pública na abordagem das alterações climáticas e dos seus efeitos, a Bandeira do Oceano cria consciência e facilita a troca de informação em todos os sectores da sociedade para desenvolver respostas significativas para a saúde dos oceanos.

A materialização desta iniciativa toma literalmente a forma de uma verdadeira bandeira feita de várias peças de vestuário que, de outra forma, teriam ido parar a aterros. Estes tecidos são depois reciclados e convertidos em telas sobre as quais os indivíduos criam as suas penhoras para a acção do oceano. Os participantes escrevem e assinam os seus compromissos, alguns até desenham.

Runa Ray, líder da iniciativa, levou a Bandeira do Oceano para ser exibida na Conferência das Nações Unidas sobre os Oceanos de 2022, a fim de ajudar a mobilizar, inspirar e educar as pessoas para a acção no oceano.

"Uma assinatura é a forma mais básica de expressão artística... Quando elaborada numa palavra, numa frase ou mesmo numa obra de arte, essa assinatura é expandida e encontra o seu lugar na história e torna-se um compromisso", disse ela.

Ao mudar o comportamento dos consumidores, ao aumentar as coligações, ao colaborar com governos e organizações intersectoriais, a Bandeira do Oceano está a criar uma riqueza de compromissos para com o oceano, encorajando a alfabetização oceânica - e invertendo a tendência para o desperdício da moda.

Além disso, Runa teve a oportunidade de apresentar uma nova colecção de moda, com o apoio do Pacto Global das Nações Unidas e da Safe Seaweed Coalition. A colecção reavivou uma técnica de impressão indígena do Japão do século XII, que reduz o desperdício de água e a poluição, utilizando algas marinhas como agente.

A crescente relevância dos impactos da moda foi também levantada na Conferência por Peter Thomson, Enviado Especial da ONU para o Oceano, em torno da urgência de a indústria repensar alternativas ao desperdício quando se trata de abordar a poluição marinha. Do mesmo modo, a importância da educação foi enfatizada por todos os Chefes de Estado para ajudar a envolver o público em geral e a juventude para o futuro do oceano.

A Bandeira dos Oceanos é também um parceiro mobilizador da Semana Global da ONU para #ACT4SDGs (16-25 de Setembro de 2022) e será exibida em Setembro na sede da ONU em Nova Iorque, ajudando a ligar 193 países através da moda e a educar o mundo sobre a acção dos oceanos.

***

Sobre o Década do Oceano:

Proclamada em 2017 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a Década das Nações Unidas de Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) ("a Década do Oceano") procura estimular a ciência dos oceanos e a geração de conhecimentos para inverter o declínio do estado do sistema oceânico e catalisar novas oportunidades de desenvolvimento sustentável deste enorme ecossistema marinho. A visão do Década do Oceano é "a ciência de que precisamos para o oceano que queremos". O Década do Oceano fornece um quadro de convocação para cientistas e partes interessadas de diversos sectores para desenvolver o conhecimento científico e as parcerias necessárias para acelerar e aproveitar os avanços na ciência dos oceanos para alcançar uma melhor compreensão do sistema oceânico e fornecer soluções baseadas na ciência para alcançar a Agenda 2030. A Assembleia Geral da ONU mandatou a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da UNESCO para coordenar os preparativos e a implementação da Década.

Sobre a Bandeira do Oceano:

Os objectivos da Bandeira do Oceano são os seguintes:

  • Garner meio bilião de compromissos oceânicos até 2030
  • Educar as pessoas sobre a intersecção entre as alterações climáticas e o oceano
  • Reutilizar o desperdício da moda para uma causa social
  • Poluição da moda de remédio
  • Unificar a humanidade para a alfabetização dos oceanos
  • Trazer à luz vários aspectos que ameaçam os ecossistemas e comunidades oceânicas e marinhas
  • Envolver o público no lobby a favor dos direitos humanos e da acção climática

 

A DÉCADA DO OCEANO

A ciência que precisamos para o oceano que queremos

ENTRAR EM CONTACTO

PRÓXIMOS EVENTOS

SUBSCREVER A NOSSA NEWSLETTER

OPORTUNIDADES

Junte-se #OceanDecade

Preferências de privacidade

Quando visita o nosso sítio Web, este pode armazenar informações através do seu browser de serviços específicos, normalmente sob a forma de cookies. Aqui pode alterar as suas preferências de privacidade. É importante notar que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar a sua experiência no nosso sítio Web e os serviços que podemos oferecer.

Por motivos de desempenho e segurança, utilizamos o Cloudflare
necessário

Ativar/desativar o código de acompanhamento do Google Analytics no navegador

Ativar/desativar a utilização de tipos de letra do Google no navegador

Ativar/desativar vídeos incorporados no navegador

Política de privacidade

O nosso sítio Web utiliza cookies, principalmente de serviços de terceiros. Defina as suas preferências de privacidade e/ou concorde com a nossa utilização de cookies.