Aliança da Década dos Oceanos

Apoio à Catalysing para a Década dos Oceanos

A Ocean Decade Alliance visa criar uma rede de parceiros eminentes da Década dos Oceanos que pode levar, através do exemplo, a catalisar o apoio à Década através da mobilização de recursos direccionados, do estabelecimento de redes e da influência.

Em 2017, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) ("a Década dos Oceanos"). A visão da Década dos Oceanos é "a ciência de que precisamos para o oceano que queremos", e prevê nada menos do que uma revolução na ciência dos oceanos que irá desencadear uma mudança radical na relação da humanidade com o oceano. Reunirá cientistas, fornecedores de recursos, governos, empresas e indústria, fundações filantrópicas, agências da ONU e muitos outros interessados de diversos sectores para gerar conhecimento científico e desenvolver as parcerias necessárias para apoiar um oceano que funcione bem, seja produtivo, resiliente e sustentável.

Para estimular a ambiciosa agenda global da Década dos Oceanos, foi criada a Ocean Decade Alliance ("a Aliança") para alavancar e multiplicar os compromissos financeiros e de recursos em espécie para a Década. A Aliança visa criar uma rede de parceiros eminentes da Década dos Oceanos que possa levar, através do exemplo, a catalisar o apoio à Década através da mobilização de recursos orientados, do estabelecimento de redes, e da influência.

A Aliança é uma plataforma global que ocupará um nicho de alto perfil e único. A Aliança concentra-se na acção e no desenvolvimento partilhado de soluções. O seu mandato é inigualável e visa apoiar a mobilização de recursos para a ciência dos oceanos em todas as suas manifestações a fim de alcançar a visão da Década dos Oceanos e assim contribuir para a Agenda 2030.

Ao mais alto nível, a Aliança permitirá que os membros façam parte de um esforço colectivo, global e liderado pela ONU para resolver alguns dos desafios mais prementes do mundo. Em vez de serem espectadores, os membros da Aliança terão a oportunidade de moldar a implementação estratégica da Década dos Oceanos. Serão reconhecidos como líderes globais que apoiam a ciência oceânica através das ferramentas de comunicação da Década dos Oceanos e através da participação de alto nível em conferências ou reuniões. Ao juntarem-se ao esforço colectivo da Aliança, os membros não renunciarão às suas próprias prioridades ou procedimentos de apoio. Os membros da Aliança terão novas oportunidades de trabalho em rede formal e informal - tanto entre outros membros da Aliança como com as partes interessadas que procuram recursos. Isto conduzirá potencialmente a novas colaborações para financiamento ou iniciativas conjuntas, bem como oportunidades para optimizar as actividades de sinergias apoiadas pelos membros da Aliança. A Aliança proporcionará aos membros acesso a líderes na ciência dos oceanos, criando assim oportunidades para financiar ou apoiar as iniciativas mais inovadoras da Década dos Oceanos.

A adesão à Aliança será por convite, com base num compromisso demonstrado e sustentado com a visão da Década dos Oceanos, incluindo o alinhamento das estratégias de fornecimento de recursos com as prioridades da Década, e o compromisso de apoio significativo em espécie ou financeiro às Acções da Década ou aos custos de coordenação. A Aliança terá uma composição diversificada, mas relativamente pequena. A adesão será principalmente a nível institucional; contudo, indivíduos de alto perfil dentro das organizações membros podem escolher ser reconhecidos como Patronos da Década dos Oceanos e assim ter os seus compromissos individuais para com a Década dos Oceanos reconhecidos. É importante notar que a Aliança criará espaço para a emergência de novos líderes no seio da comunidade oceânica que provêm de uma diversidade de perfis.

Patronos da Aliança da Década dos Oceanos

  • S.E. Wavel Ramkalawan, Presidente da República das Seicheles
  • S.E. Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República de Portugal
  • S.E. Jonas Gahr Støre, Primeiro-Ministro do Reino da Noruega
  • Sua Alteza Serena o Príncipe Alberto II, Príncipe Soberano do Mónaco
  • Sua Alteza Real a Princesa Lalla Hasnaa, Presidente, Fundação Mohammed VI para a Protecção Ambiental
  • S.E. Surangel Whipps Jr., Presidente da República de Palau
  • Sra. Inger Andersen, Directora Executiva, Programa das Nações Unidas para o Ambiente
  • Sra. Wendy Schmidt, Fundadora, Schmidt Ocean Institute
  • Sr. Kjell Inge Rokke, Proprietário, REV Ocean

Membros Institucionais

  • Canadá
  • Reino da Noruega
  • Reino da Suécia
  • República do Quénia
  • República da Coreia
  • República de Portugal
  • República das Seychelles
  • República de Palau
  • República da Alemanha
  • Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos
  • Programa das Nações Unidas para o Ambiente
  • Fundação Great Barrier Reef
  • Fundação Mohammed VI para a Protecção Ambiental
  • Fundação Príncipe Alberto II do Mónaco
  • Schmidt Ocean Institute
  • Panerai Officine
  • Fugro

A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (COI) está a coordenar os preparativos da Década Oceânica em nome do sistema da ONU, e a liderar a criação da Aliança. Para mais informações sobre como tornar-se membro da Ocean Decade Alliance, por favor contacte:

Julian Barbière
Chefe, Secção de Política Marinha e Coordenação Regional
Coordenador, Década Oceânica da ONU
COI-UNESCO
j.barbiere@unesco.org