One Planet - Cimeira Polar: Novo programa Década do Oceano anunciado para a Antárctida

Instituto Alfred Wegener e IOC/UNESCO

One Planet - Cimeira Polar: Novo programa Década do Oceano anunciado para a Antárctida

One Planet - Cimeira Polar: Novo programa Década do Oceano anunciado para a Antárctida 2400 1600 Década do Oceano

Paris/Bremerhaven, 10 Novembro – In the context of the “One Planet – Polar Summit”, taking place on 8-10 Novembro in Paris, France and hosted by the Paris Peace Forum, UNESCO announced the endorsement of a new major programme aimed at better understanding, protecting and sustainably managing the Southern Ocean and Antarctica in the framework of the UN Decade of Ocean Science for Sustainable Development 2021-2030 (‘Ocean Decade’).

Os factos são claros: centenas de milhões de vidas estão em risco devido ao derretimento do gelo e ao aumento do nível do mar. Além disso, as populações que dependem dos glaciares, nomeadamente para o acesso à água doce, enfrentam enormes desafios. Toda a humanidade está, portanto, preocupada.

Since Quarta-feira 8 Novembro, hundreds of representatives from government, research and civil society have been gathered in Paris to discuss the protection of the Arctic and Antarctic. On the last day of the Summit, the Director-General of UNESCO, Audrey Azoulay, announced the official endorsement of a new initiative as an Ocean Decade Action: Antarctica InSync (International Science & Infrastructure for Synchronous Observation).

O Antarctica InSync é um programa de observações científicas síncronas na Antárctida e no Oceano Austral para permitir uma avaliação circumpolar das ligações entre o gelo, o oceano, o clima, o ambiente e a vida, incluindo as pressões humanas e as suas soluções, como a proteção marinha. Contribui para o Centro de Colaboração da Década para a Região do Oceano Austral (DCC-SOR) liderado pelo Comité Científico da Investigação Antárctica (SCAR).

“This endorsement is in line with the Arctic and Southern Ocean Action Plans developed as part of the Ocean Decade,” explained Audrey Azoulay. “Antarctica InSync, just like these Plans, seek to reinforce scientific cooperation on issues related to polar regions, promote data and knowledge sharing and provide a roadmap for strengthening links between science, industry and decision-making.”

O afastamento e as condições climáticas extremas continuam a ser um desafio para a investigação internacional e, em especial, para a observação sinérgica coordenada na Antárctida e no Oceano Antártico circundante. A resolução destes desafios ultrapassa as competências e as infra-estruturas de qualquer programa científico ou nação. É por isso que o Instituto Alemão Alfred Wegener, Centro Helmholtz para a Investigação Polar e Marinha (AWI) irá unir forças com instituições de, por exemplo, Austrália, Canadá, França, Índia, Itália, Nova Zelândia, Mónaco, Noruega, Coreia do Sul, Suécia, Suíça, África do Sul, Reino Unido e Estados Unidos da América, para preparar o caminho para um programa de investigação de base alargada.

A fase preparatória terá início em 2024, alinhando os processos científicos e de infra-estruturas para a observação multidisciplinar síncrona. Serão envidados esforços para o processo científico ascendente através do SCAR, do Sistema de Observação do Oceano Austral (SOOS) e de outros organismos, bem como para o estabelecimento de alianças e grupos de trabalho com todas as partes interessadas, equipas logísticas e um quadro crescente de colaboração internacional.

A fase de implementação e análise abrangerá o período de 2027 a 2030, com campanhas de campo conjuntas para terra, mar e ar. As observações no terreno incluirão todas as componentes da região Antárctica/Oceano Austral - oceano, gelo, terra e atmosfera. Abordará também especificamente a biodiversidade única desta região e combinará diferentes estratégias e tecnologias de observação, incluindo estudos de processos e iniciativas de teledeteção.

The Antarctica InSync programme joins the portfolio of 47 other major ocean programmes that are being implemented as part of the Ocean Decade, a UN wide initiative which is being coordinated by UNESCO’s Intergovernmental Oceanographic Commission.

***

Sobre o Instituto Alfred Wegener:

O Instituto Alfred Wegener, Centro Helmholtz para a Investigação Polar e Marinha (AWI) realiza investigação no Ártico, na Antárctida e nos oceanos das latitudes altas e médias. Coordena a investigação polar na Alemanha e fornece importantes infra-estruturas à comunidade científica internacional, como o navio quebra-gelo de investigação Polarstern e estações no Ártico e na Antárctida. O Instituto Alfred Wegener é um dos 18 centros de investigação da Associação Helmholtz, a maior organização científica da Alemanha.

Siga o Instituto Alfred Wegener no Twitter, Instagram e Facebook.

Sobre o Década do Oceano:

Proclamada em 2017 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a Década das Nações Unidas de Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) ("a Década do Oceano") procura estimular a ciência dos oceanos e a geração de conhecimentos para inverter o declínio do estado do sistema oceânico e catalisar novas oportunidades de desenvolvimento sustentável deste enorme ecossistema marinho. A visão do Década do Oceano é "a ciência de que precisamos para o oceano que queremos". O Década do Oceano fornece um quadro de convocação para cientistas e partes interessadas de diversos sectores para desenvolver o conhecimento científico e as parcerias necessárias para acelerar e aproveitar os avanços na ciência dos oceanos para alcançar uma melhor compreensão do sistema oceânico e fornecer soluções baseadas na ciência para alcançar a Agenda 2030. A Assembleia Geral da ONU mandatou a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (COI/UNESCO) para coordenar os preparativos e a implementação da Década.

A DÉCADA DO OCEANO

A ciência que precisamos para o oceano que queremos

ENTRAR EM CONTACTO

PRÓXIMOS EVENTOS

SUBSCREVER A NOSSA NEWSLETTER

OPORTUNIDADES

Junte-se #OceanDecade

Preferências de privacidade

Quando visita o nosso sítio Web, este pode armazenar informações através do seu browser de serviços específicos, normalmente sob a forma de cookies. Aqui pode alterar as suas preferências de privacidade. É importante notar que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar a sua experiência no nosso sítio Web e os serviços que podemos oferecer.

Por motivos de desempenho e segurança, utilizamos o Cloudflare
necessário

Ativar/desativar o código de acompanhamento do Google Analytics no navegador

Ativar/desativar a utilização de tipos de letra do Google no navegador

Ativar/desativar vídeos incorporados no navegador

Política de privacidade

O nosso sítio Web utiliza cookies, principalmente de serviços de terceiros. Defina as suas preferências de privacidade e/ou concorde com a nossa utilização de cookies.