A UNESCO reconhece a contribuição crítica do Fundo Global para os recifes de coral para a Década das Nações Unidas das Ciências Oceânicas

Fundo Global para os Recifes de Coral

A UNESCO reconhece a contribuição crítica do Fundo Global para os recifes de coral para a Década das Nações Unidas das Ciências Oceânicas

A UNESCO reconhece a contribuição crítica do Fundo Global para os recifes de coral para a Década das Nações Unidas das Ciências Oceânicas 1920 1081 Década do Oceano

UNESCO’s Intergovernmental Oceanographic Commission has announced the formal recognition of the Global Fund for Coral Reefs as a contribution to the United Nations Decade of Ocean Science for Sustainable Development 2021-2030 (the ‘Ocean Decade’).

New York/Lisbon, 1 Julho 2022 – In recognition of its innovative work in leveraging a science-based approach to accelerate reef-positive investment through public-private financing, UNESCO’s Intergovernmental Oceanographic Commission (IOC) today endorsed the work of the Global Fund for Coral Reefs (GFCR) and its contribution to the UN Decade of Ocean Science for Sustainable Development 2021-2030.

The collaboration between the Ocean Decade and GFCR will actively seek to reinforce the science and knowledge aspects of existing and future GFCR-supported programmes, as well as identify opportunities to raise awareness of the need to enhance the co-design and co-delivery of coral reef science. Opportunities to unlock new investment for coral reef science will also be jointly pursued. The endorsement was formally announced during the 2022 UN Ocean Conference in Lisbon.

“We are thrilled to formally welcome the Global Fund for Coral Reefs into the Ocean Decade community. The combined efforts of these two global initiatives will ensure that the global community has a unique opportunity to collectively identify and redress critical knowledge gaps in relation to coral reefs. We thank the Fund for its engagement in the Ocean Decade and look forward to working together to create rapid and lasting impact”, said Dr Vladimir Ryabinin, Executive Secretary of the Intergovernmental Oceanographic Commission of UNESCO.

Muitas vezes mais conhecidos pela sua beleza excepcional, os recifes de coral são alguns dos ecossistemas mais diversos do planeta. Têm um papel essencial a desempenhar na segurança alimentar, subsistência e protecção costeira para milhares de milhões de pessoas. No entanto, os recifes são também um dos ecossistemas marinhos mais vulneráveis. Uma ladainha de pressões, incluindo poluição e práticas de pesca destrutivas combinadas com os efeitos da acidificação e aquecimento dos oceanos provocados pelo aumento das emissões de gases com efeito de estufa, levaram a estimativas recentes de que a maioria dos recifes de coral do mundo poderá perder-se até 2030 se o aquecimento global continuar aos ritmos actuais.

Contra o pano de fundo destas projecções alarmantes e a curto prazo, a comunidade científica tem feito esforços no sentido de fazer progressos significativos para identificar soluções para proteger os recifes. No entanto, persistem lacunas críticas das ciências físicas e sociais e do conhecimento que dificultam a sua implantação em escala, e a falta de acesso à informação, tecnologia e competências significa que não foram identificadas soluções adaptadas às condições locais em muitos dos hotspots de recifes do mundo.

"Como mecanismo de financiamento misto, o Fundo Global para os Recifes de Coral procura demonstrar a viabilidade de abordagens empresariais positivas para os recifes de coral que proporcionam um retorno do investimento, baseiam-se em ciência sólida, e mobilizam recursos para conservar e restaurar os recifes de coral, dos quais dependem cerca de um bilião de pessoas para a sua segurança alimentar, subsistência e protecção costeira. Estamos satisfeitos por estarmos em parceria com o COI para ajudar a realizar a missão da Década da ONU para catalisar soluções científicas oceânicas para o desenvolvimento sustentável", declarou Chuck Cooper, Presidente do Conselho Executivo do GFCR.

The UN Decade of Ocean Science for Sustainable Development (the Ocean Decade) aims to trigger a step change in the way that ocean science is used to support sustainable development. Focused around ten Ocean Decade Challenges, and with a strong focus on skills building and increasing access to knowledge in Least Developed Countries and Small Island Developing States, it aims to bring diverse actors around the world together to co-design and co-deliver transformative and action-oriented science. With several coral reef focused programmes and projects already underway, the Ocean Decade provides a global network for scientists, governments, NGOs, and industry to collaborate and exchange around the most urgent coral reef related science needs and create links to actors working on related issues including food security, coastal resilience, or marine pollution.

***

Sobre o Fundo Global para os Recifes de Coral (GFCR):

O Fundo Global para os Recifes de Coral (GFCR) é a primeira e única iniciativa financeira mista dedicada aos recifes de coral a nível mundial. A parceria público-privada é conduzida por fundações, Estados Membros, Agências das Nações Unidas, organizações, e o sector privado. A Coligação GFCR inclui o Paul G. Allen Family Foundation; Prince Albert II Monaco Foundation; os Governos da Alemanha, França, Canadá e Reino Unido; o Fundo Verde para o Clima; Pegasus Capital Advisors; Builders Vision; Bloomberg Philanthropies; International Coral Reef Initiative (ICRI), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); United Nations Capital Development Fund (UNCDF); United Nations Environment Programme (UNEP); International Union for Conservation of Nature (IUCN); e a Ocean Risk and Resilience Action Alliance (ORRAA).

A coligação GFCR visa colmatar a lacuna de financiamento dos recifes de coral, facilitando um inovador "Ecossistema de Investimento Positivo de Recifes de Coral" com uma série de instrumentos financeiros concebidos para incubar, desarrolhar e desbloquear investimentos públicos e privados baseados no mercado, alinhados com a conservação de refúgios de recifes de coral. O GFCR fornece um instrumento de implementação para a conservação da biodiversidade marinha nacional e para as ambições de transição económica azul. A ênfase é colocada nos ecossistemas resistentes ao clima que são cruciais para prevenir a extinção dos recifes, apoiar a rica biodiversidade e fornecer serviços ambientais críticos.

Saiba mais emglobalfundcoralreefs.orge junte-se às nossas comunidades de ação para os recifes de coral noTwitter,LinkedIneYouTube.

Sobre o Década do Oceano:

Proclamada em 2017 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a Década das Nações Unidas de Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) ("a Década do Oceano") procura estimular a ciência dos oceanos e a geração de conhecimentos para inverter o declínio do estado do sistema oceânico e catalisar novas oportunidades de desenvolvimento sustentável deste enorme ecossistema marinho. A visão do Década do Oceano é "a ciência de que precisamos para o oceano que queremos". O Década do Oceano fornece um quadro de convocação para cientistas e partes interessadas de diversos sectores para desenvolver o conhecimento científico e as parcerias necessárias para acelerar e aproveitar os avanços na ciência dos oceanos para alcançar uma melhor compreensão do sistema oceânico e fornecer soluções baseadas na ciência para alcançar a Agenda 2030. A Assembleia Geral da ONU mandatou a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da UNESCO para coordenar os preparativos e a implementação da Década.

Sobre o COI-UNESCO:

A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (COI-UNESCO) promove a cooperação internacional em ciências marinhas para melhorar a gestão dos oceanos, costas e recursos marinhos. O COI permite aos seus 150 Estados-Membros trabalhar em conjunto através da coordenação de programas de desenvolvimento de capacidades, observação e serviços oceânicos, ciência oceânica e alerta contra tsunamis. O trabalho do COI contribui para a missão da UNESCO de promover o avanço da ciência e as suas aplicações para desenvolver o conhecimento e a capacidade, chave para o progresso económico e social, a base da paz e do desenvolvimento sustentável.

Saiba mais em oceandecade.org e ioc.unesco.org.

A DÉCADA DO OCEANO

A ciência que precisamos para o oceano que queremos

ENTRAR EM CONTACTO

PRÓXIMOS EVENTOS

SUBSCREVER A NOSSA NEWSLETTER

OPORTUNIDADES

Junte-se #OceanDecade

Preferências de privacidade

Quando visita o nosso sítio Web, este pode armazenar informações através do seu browser de serviços específicos, normalmente sob a forma de cookies. Aqui pode alterar as suas preferências de privacidade. É importante notar que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar a sua experiência no nosso sítio Web e os serviços que podemos oferecer.

Por motivos de desempenho e segurança, utilizamos o Cloudflare
necessário

Ativar/desativar o código de acompanhamento do Google Analytics no navegador

Ativar/desativar a utilização de tipos de letra do Google no navegador

Ativar/desativar vídeos incorporados no navegador

Política de privacidade

O nosso sítio Web utiliza cookies, principalmente de serviços de terceiros. Defina as suas preferências de privacidade e/ou concorde com a nossa utilização de cookies.