A fronteira azul de África: os Estados membros da IOCAFRICA reúnem-se para discutir as contribuições da ciência dos oceanos para promover uma economia azul sustentável na região

COI/UNESCO

A fronteira azul de África: os Estados membros da IOCAFRICA reúnem-se para discutir as contribuições da ciência dos oceanos para promover uma economia azul sustentável na região

A fronteira azul de África: os Estados membros da IOCAFRICA reúnem-se para discutir as contribuições da ciência dos oceanos para promover uma economia azul sustentável na região 1430 954 Década dos Oceanos

Os Estados-Membros da Comissão Oceanográfica Intergovernamental para África e os Estados Insulares Adjacentes(IOCAFRICA) reuniram-se de 15 a 17 de março de 2023 em Nairobi para analisar as actividades da Subcomissão para o biénio 2021-2022 e deliberar sobre o plano de trabalho para 2023-2025 no contexto de um panorama regional promissor para a sustentabilidade e a economia azul.

Delegados de quinze Estados membros participaram presencialmente, enquanto outros participaram virtualmente para realizar o trabalho estabelecido para a Sessão, que incluiu a eleição de novos Oficiais da IOCAFRICA.

Os principais parceiros também estiveram representados, incluindo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos Estados Unidos e o Segundo Instituto de Oceanografia da China. Ambas as organizações partilharam o seu interesse em continuar a colaborar com África e a Subcomissão na implementação de programas relevantes para o avanço da ciência e investigação dos oceanos na região.

Segmento de abertura

A Sétima Sessão do IOCAFRICA foi aberta com as intervenções do Professor Hubert Gijzen, Director Regional da UNESCO para a África Oriental; do Professor Kuadio Affian, Presidente do IOCAFRICA; e da Senhora Betsy Muthoni Njagi, Secretária Principal para a Economia Azul e as Pescas da República do Quénia (comentários lidos pelo Dr. Davies Makilla).

O Professor Gijzen enfatizou a importância do oceano como uma nova fronteira para o desenvolvimento do continente, ao mesmo tempo que exortou a IOCAFRICA a produzir ciência transformadora que apoie a região no aproveitamento dos seus recursos oceânicos e costeiros.

O Professor Affian salientou as fortes parcerias desenvolvidas pela Subcomissão com a União Africana através da Monitorização Global do Ambiente e da Segurança e África (GMES & África) e do Sistema Global de Observação dos Oceanos (GOOS) AFRICA.

O Secretário Principal expressou a satisfação do Quénia em acolher a Sessão, sublinhando a importância de ter uma voz africana unificada e de trabalhar em conjunto através da partilha de conhecimentos e experiências em questões relacionadas com a economia azul e o oceano.

Principais resultados da sessão

Os Estados-Membros propuseram quatro recomendações a apresentar na Assembleia da Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) em Junho de 2023, relacionadas com o Sistema Mundial de Observação dos Oceanos (GOOS) em África, a Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável 2021-2030 (A Década dos Oceanos), parcerias e mobilização de recursos, e o plano de trabalho e orçamento da IOCAFRICA.

O plano de trabalho inclui actividades que o IOCAFRICA deve implementar para o período 2023-2025, em quatro áreas temáticas: Observações dos Oceanos e Gestão de Dados e Informação, Ciência dos Oceanos e Aplicação à Gestão, Desenvolvimento de Capacidades para a Ciência e Tecnologia Marinhas, e Literacia dos Oceanos, Sensibilização Pública e Advocacia.

Os Estados-Membros também elegeram novos dirigentes da IOCAFRICA para o período 2023-2025: Kouadio Affian, da Costa do Marfim, foi reeleito Presidente; o Dr. Zacharie SOHOU, do Benim (Grupo A), a Sra. Cândida Inês Sete, de Moçambique (Grupo B), e a Dra. Suzan M. El-Gharabawy, do Egipto (Grupo C), como Vice-Presidentes.

A Década dos Oceanos em África

Os Estados-Membros manifestaram a sua gratidão pelos esforços contínuos da Subcomissão, nomeadamente no que respeita ao desenvolvimento de capacidades e à implementação da Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030).

A Década Nacional Unida da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável, a "Década dos Oceanos" (2021-2030), é uma oportunidade única na vida para desencadear a revolução do conhecimento dos oceanos que é muito necessária, especialmente em África, onde existem lacunas críticas nos dados e conhecimentos sobre os oceanos. Este conjunto de conhecimentos é vital para o desenvolvimento de políticas oceânicas baseadas em factos e decisões de gestão baseadas na ciência.

A IOCAFRICA desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do Roteiro para a Década dos Oceanos em África, lançado na "Conferência Africana sobre Definição de Prioridades e Desenvolvimento de Parcerias para a Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável", organizada pelo Egipto em maio de 2022. O Roteiro para a Década dos Oceanos em África é um marco importante para a região, para inspirar e motivar as organizações africanas e os campeões individuais a tomar iniciativas para um futuro mais sustentável e próspero.

Após a sessão da IOCAFRICA, a primeira reunião presencial do Grupo de Trabalho da Década dos Oceanos dos Estados Insulares Africanos e Adjacentes teve lugar de 3 a 4 de Abril de 2023, também em Nairobi. Os principais resultados incluem uma concepção inicial de um novo programa da Década Africana sobre economia sustentável dos oceanos e um plano de trabalho abrangente para o Grupo de Trabalho para os próximos 2 anos.

***

Sobre a COI/UNESCO:

A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (COI-UNESCO) promove a cooperação internacional em ciências marinhas para melhorar a gestão dos oceanos, das costas e dos recursos marinhos. A COI permite que os seus 150 Estados-Membros trabalhem em conjunto através da coordenação de programas de desenvolvimento de capacidades, observações e serviços dos oceanos, ciência dos oceanos, alerta de tsunamis e literacia dos oceanos. O trabalho do COI contribui para a missão da UNESCO de promover o avanço da ciência e das suas aplicações para desenvolver o conhecimento e as capacidades, fundamentais para o progresso económico e social, base da paz e do desenvolvimento sustentável.

A DÉCADA DOS OCEANOS

A ciência que precisamos para o oceano que queremos

ENTRAR EM CONTACTO

PRÓXIMOS EVENTOS

SUBSCREVER A NOSSA NEWSLETTER

OPORTUNIDADES

Junte-se #OceanDecade

Preferências de privacidade

Quando visita o nosso sítio Web, este pode armazenar informações através do seu browser de serviços específicos, normalmente sob a forma de cookies. Aqui pode alterar as suas preferências de privacidade. É importante notar que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar a sua experiência no nosso sítio Web e os serviços que podemos oferecer.

Por motivos de desempenho e segurança, utilizamos o Cloudflare
necessário

Ativar/desativar o código de acompanhamento do Google Analytics no navegador

Ativar/desativar a utilização de tipos de letra do Google no navegador

Ativar/desativar vídeos incorporados no navegador

Política de privacidade

O nosso sítio Web utiliza cookies, principalmente de serviços de terceiros. Defina as suas preferências de privacidade e/ou concorde com a nossa utilização de cookies.